Suspeita de ter matado companheira a facadas é presa, em Manaus e nega o crime

Suspeita de ter matado companheira a facadas é presa, em Manaus e nega o crime

Leila Jerônimo, a principal suspeita de ter matado a facadas a companheira Andreza Souza dos Santos, 29, na manha de ontem (06),  na Rua Buriti, comunidade jornalista Luiz Otávio, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte da capital, foi presa pela Polícia Militar na loja onde trabalha no Centro de Manaus.

Após vizinhos da vitima informarem a policia de que haviam visto a suspeita sair muito apressada e aparentemente nervosa na manhã desta segunda-feira, em seu carro, policiais militares da 26ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) encontraram dentro da residencia em que Leila morava com Aandreza, o endereço do local de trabalho da acusada.

Enviamos uma viatura para a Rua Epaminondas, no Centro e identificamos a acusada, que não reagiu e foi encaminhada ao 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus.

O delegado Raul Neto disse que a acusada negou o crime na delegacia, e disse que ao sair de casa sua companheira estava com vida.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *