Três soldados morrem vítimas de explosão de bomba na Turquia

Três soldados morrem vítimas de explosão de bomba na Turquia

Três soldados turcos morreram hoje, depois da explosão de uma bomba no sudeste do país, onde o exército tem em curso uma ofensiva contra forças rebeldes curdas, informou hoje uma fonte do exército turco.

Dois dos soldados tiveram morte imediata quando o engenho explodiu na cidade de Nusaybin, enquanto tentavam desarmar a bomba, e um terceiro ficou gravemente ferido e acabou por morrer já no hospital.

De acordo com a informação avançada por um militar turco à agência de notícias francesa AFP, a bomba foi colocada pelos combatentes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK).

O exército turco tem vindo a combater há vários meses contra guerrilheiros curdos em Nusaybin, cidade em que no sábado morreram oito homens do PKK.

Aviões de guerra turcos também atacaram bases do PKK no norte do Iraque durante a última noite, destruindo depósitos de armas e ‘bunkers’ [abrigos], segundo relatou a agência de notícias Anatolia.

Os combates entre as forças de segurança turcas e o PKK, que está classificado como organização terrorista por Ancora e pelos seus aliados ocidentais, reacenderam-se no último verão, depois de ter fracassado um cessar-fogo que durou dois anos.

Desde então, centenas de militares turcos e vários milhares de rebeldes curdos perderam a vida em combate.

No total, dezenas de milhares de pessoas morreram desde que o PKK tomou as armas em 1984, exigindo um Estado próprio para a maior minoria étnica da Turquia.

Caíque Varella

Caíque Varella

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.