UBS Leonor Brilhante inicia novo serviço de atendimento às pessoas vivendo com HIV

19 de dezembro de 2018 12:580 comentários

A Unidade Básica de Saúde (UBS) Leonor Brilhante, na avenida Autaz Mirim, s/nº, no bairro Tancredo Neves, zona Leste, iniciou neste mês o atendimento clínico às pessoas vivendo com HIV. O novo serviço faz parte da campanha de Descentralização do Atendimento às Pessoas Vivendo com HIV, executado pela Prefeitura de Manaus.

 

O secretário municipal de Saúde, Marcelo Magaldi, explica que o objetivo da campanha de descentralização é a melhoria do atendimento às pessoas diagnosticadas com a doença nos serviços de saúde em Manaus, ampliando o acesso na rede de Atenção Básica, conforme determina o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto.

“A campanha busca reduzir a sobrecarga no atendimento aos pacientes nas unidades de atenção especializada, como é o caso da Fundação de Medicina Tropical, reforçando a atuação dos quatro Serviços de Atenção Especializada (SAE) da rede municipal e implantando o atendimento às pessoas vivendo com HIV em UBSs”, informa Marcelo Magaldi.

Além da UBS Leonor Brilhante, a UBS Arthur Virgílio, na zona Norte, também já oferece o serviço de atendimento clínico às pessoas vivendo com HIV, acompanhando 60 pacientes.

Atendimento

Com a implantação do novo serviço, a UBS Leonor Brilhante vai passar a realizar o atendimento clínico de pacientes assintomáticos, ou seja, que foram diagnosticados com o vírus HIV, mas que não apresentam sintomas da doença.

Inicialmente, será feito o acompanhamento dos pacientes que forem diagnosticados na própria Unidade de Saúde, por meio da testagem rápida, ou pelas equipes de Saúde da Família que fazem o atendimento no mesmo território.

O atendimento de mulheres gestantes com HIV e de pacientes com comorbidades associada à infecção, como hepatite B, tuberculose ou outra doença, irá continuar a ser feito nos quatro Serviços de Atenção Especializada (SAEs) da rede municipal, ou, em casos mais específicos, na Fundação de Medicina Tropical.

Os pacientes que já são atendidos no SAE da zona Leste, na Policlínica Dr. Antônio Comte Telles, bairro São José, também podem ser acompanhados na UBS Leonor Brilhante.

“O SAE da zona Leste atende cerca de 800 pessoas vivendo com HIV e algumas poderiam ser acompanhadas na Atenção Básica. Com o processo de descentralização no atendimento para as UBSs, será possível reduzir a sobrecarga na Atenção Especializada, permitindo aproximar o serviço de saúde das pessoas que estão em tratamento, já que o paciente poderá ser atendido em um local mais próximo de sua residência”, destaca o secretário.

Além da testagem rápida, exame que fornece o diagnóstico em até 30 minutos e que já é realizada na rotina de serviços, a UBS Leonor Brilhante oferecerá ao paciente com HIV atendimento com coleta de exames, diagnóstico, acompanhamento ambulatorial e laboratorial, e dispensa de medicação.

RELAÇÃO DE ENDEREÇOS DO SERVIÇO DE ATENDIMENTO ESPECIALIZADO (SAE):

Zona Norte: Policlínica Dr. José Antonio da Silva, rua Arueiras, nº 55, bairro Monte das Oliveiras;

Zona Sul: Policlínica Dr. Antônio Reis, rua São Lázaro S/N, bairro São Lázaro;

Zona Leste: Policlínica Dr. Antônio Comte, rua J, s/n, Etapa B, São José 3;

Zona Oeste: Policlínica Dr. José Raimundo Franco de Sá, avenida V, s/n; Nova Esperança 1.

 

Deixe um comentário


TEXTO

%d blogueiros gostam disto: