Vigilante é preso suspeito de estuprar enteada e engravidar filha de 16 anos no interior do AM

Vigilante é preso suspeito de estuprar enteada e engravidar filha de 16 anos no interior do AM

Um homem de 36 anos, que não teve o nome divulgado por ser parente das vitimas, foi preso suspeito de estuprar a filha, de 16 anos, e a enteada, de 13, em Parintins (a 369 quilômetros de Manaus). o crime foi descoberto no início deste mês, quando a mãe das meninas descobriu que a adolescente de 16 anos estava grávida.

A adolescente gravida e aponta o vigilante como o pai da criança, afirmou o delegado Bruno Fraga, da 3ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Parintins. Um exame de DNA foi solicitado para verificar a suspeita.  Fraga informou que as adolescentes contaram à polícia que os abusos iniciam quando elas ainda moravam em Manaus  com o suspeito.

A adolescente de 16 anos disse à polícia que foi violentada pela última vez em no mês de abril deste ano. “Nunca dissemos nada porque sempre eramos ameaçadas de morte, ele disse que se contássemos ele iria matar a gente a a nossa mãe” disse a adolescente a policia.

A  adolescente de 13 anos relatou em depoimento que começou a sofrer abusos do vigilante aos 10 anos.  “A enteada conta que o vigilante acariciava as partes íntimas dela, o que já caracteriza abuso sexual”,  disse o delegado.

O vigilante foi preso nesta sexta-feira (15), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, expedido pelo juiz Fábio Olinto, da 1ª Vara de Parintins. Na delegacia ele negou ter estuprado a filha e a enteada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *