Vitima de Fake News, João Campelo desmente boatos de que estaria inelegível

Vitima de Fake News, João Campelo desmente boatos de que estaria inelegível
Em carta aberta à população de itamarati, João Campelo esclareceu que os boatos sobre sua inlegibilidade são falsos.Foto: Arquivo Portal A Notícia do AM
Em carta aberta à população de itamarati, João Campelo esclareceu que os boatos sobre sua inlegibilidade são falsos.Foto: Arquivo Portal A Notícia do AM

O ex-prefeito do município de Itamarati, João Campelo divulgou na noite desta terça (07) uma carta aberta a população do município, repudiando as incansáveis noticias falsas de um pequeno grupo de adversários políticos tentando denegrir e causar duvidas na população do município sobre sua pré-candidatura a prefeito.

O grupo vem espalhando informações que Campelo esta inelegível e não poderá  disputar as próximas eleição.



Veja a carta na íntegra:

Eu, João Campelo, pré-candidato a Prefeito de Itamarati/AM, através desta publicação, venho manifestar o meu repúdio em decorrência das incansáveis declarações proferidas por um pequeno grupo de políticos (meus adversários), sobre meus direitos políticos (elegibilidade).

Tais pessoas querem se alimentar de falácias, mentiras que podem ser desmentidas facilmente. Alegam que eu não serei candidato nesta eleição de 2020 por ter sofrido condenações e, portanto, estar inelegível.

Ocorre, meus amigos (as) e conterrâneos (as), que tais declarações não se coadunam com a verdade, mostrando, apenas, uma intenção dessas pessoas de confundir o eleitorado, uma vez que NÃO há uma única decisão judicial me condenando e me deixando inelegível.

Ressalta-se que essas inverídicas e irresponsáveis declarações ferem a democracia, pois são tendenciosas a enganar o povo e lhes tirar o direito de livre escolha.

Além disso, a Justiça Eleitoral configura tal conduta como Propaganda Antecipada Negativa, que é aquela propaganda fora de período permitido em lei (no caso em questão, usada em desfavor do adversário), a qual é vedada de modo inequívoco pela legislação eleitoral.

Em consonância com jurisprudências de tribunais, as críticas a adversários políticos fazem parte do jogo democrático, contudo, a justiça eleitoral deve intervir quando ocorrer ofensa à honra ou divulgação de fatos sabidamente inverídicos.

Portanto, peço encarecidamente para que essas pessoas se retratem quanto a estas falsas afirmações [fake news] relacionadas a mim, sem que haja a necessidade de buscar por vias judiciais. Pois, podemos sim, enfrentarmos uma pré-campanha, bem como uma campanha, limpa, pacífica e justa.

Encerro aqui, afirmando com a maior convicção, de que sou, efetivamente, Pré-Candidato e, por consequência, candidato a Prefeito nesta cidade de Itamarati.

Um grande abraço a todos, do amigo de sempre,

João Campelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *