Vitimas de violência sexual terão serviço de atendimento exclusivo em Eirunepé

Vitimas de violência sexual terão serviço de atendimento exclusivo em Eirunepé

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP), divulgou em maio deste ano, que o Amazonas já havia registrado 285 casos de abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes em 2016. Em 2015, o Amazonas fechou o ano com 9.749 casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes em processo judicial. Os dados são do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM).

A vítima além de carregar a revolta e a dor pela violência a qual foi submetida, muitas vezes tem que lidar com o fato de ser ela própria a culpada pelo caso, como julgam alguns.

Preocupados com a problemática não só de crianças e adolescentes, mas também de adultos, idosos e indígenas, a Secretaria de Saúde de Eirunepé vem realizando uma série de reuniões com instituições públicas que estão sendo realizadas no município: Prefeitura Municipal de Eirunepé, Delegacia de Polícia Civil, Polícia Militar, Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Saúde, CAPS, CASAI, Conselho Municipal de Saúde, Marinha do Brasil, Hospital Regional Vinícius Conrado e CTA, todos visando a melhor forma de  implantação do SAVVIS em Eirunepé.

O projeto é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Saúde, apoiada pela prefeitura, com o apoio da FVS, após a capacitação em Manaus, na Maternidade Moura Tapajós de três profissionais do município em maio deste ano: a enfermeira e coordenadora da Saúde da mulher, da Criança e do Adolescente Elaine Maria Araújo; da assistente social do hospital regional, Geane Pereira e do psicólogo do CAPS, Kissinger C. de Barros.

Informações Cosems-AM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *