WhatsApp ficara supenso 72 horas, por ordem judicial

WhatsApp ficara supenso 72 horas, por ordem judicial

O WhatsApp será bloqueado novamente no Brasil, devido a uma decisão da Justiça de Sergipe. Às 14h de hoje, o aplicativo irá parar de funcionar por um período de 72 horas. Problemas com a Justiça não é algo novo para o WhatsApp. Esta é a terceira vez que um juiz determina a suspensão temporária do app no país, afetando seus quase 100 milhões de usuários.

As operadoras TIM, Vivo, Claro, Nextel e Oi serão as responsáveis pelo bloqueio do aplicativo. O descumprimento da ordem judicial acarretará em multa de 500 mil reais por dia às operadoras. O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (SindiTelebrasil) confirmou a existência da liminar que afeta o WhatsApp.

A determinação é do juiz Marcel Maia Montalvão, da Comarca do Lagarto, em Sergipe. No começo do mês de março, ele decidiu que o vice-presidente do Facebook Brasil fosse preso. O motivo, à época, era o “reiterado descumprimento de ordens judiciais, de requerimento de informações contidas na página do site Facebook”.

Com o bloqueio, os usuários não poderão se comunicar por meio do app, seja por meio de mensagens, mídias, documentos ou voz. A versão web do aplicativo também deve ficar fora do ar.

A Justiça entende o Facebook como o responsável judicialmente pelo WhatsApp. O WhatsApp argumenta ser uma empresa independente.

Fonte: Exame

Caíque Varella

Caíque Varella

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.